Saiba o passo a passo para criar uma loja on-line

06/05/2020

Saiba o passo a passo para criar uma loja on-line

O meio digital e a tecnologia estão inseridos no nosso cotidiano há alguns anos, e hoje em dia, muitas pessoas nem percebem o quanto são dependentes deles para fazer compras e para escolher modelos de mercadorias, por exemplo, especialmente quando não podem sair de casa. Por isso, se você já é dono de um negócio ou de uma marca, é fundamental estar inserido no mercado virtual. E se pretende entrar agora nesse mundo, confira as dicas que daremos neste texto. Acompanhe!

Por que montar uma loja virtual?

Como citamos acima, o mundo está cada vez mais conectado e a tecnologia tem facilitado a vida das pessoas. Com poucos toques no computador ou no celular, é possível fazer compras de comidas, roupas e outros produtos. Essa facilidade, associada à comodidade do cliente, faz com que as marcas busquem, cada vez mais, um serviço de qualidade também no universo virtual. 

Escolha o seu nicho de mercado

Se você já tem uma loja física e pretende adaptá-la para o mercado virtual, analise se todos os seus produtos são viáveis para serem comercializados pela internet. Caso esteja criando uma loja do zero, saiba o nicho que você deseja atingir, e procure saber como é a concorrência e se vale o investimento. Saiba que, em tese, lojas virtuais são mais baratas, uma vez que você não depende de um espaço físico para se estabelecer, portanto tem menos gastos com isso. Por outro lado, as chances de existirem mais opções de lojas iguais à sua são maiores. 

Analise os gastos

Ter uma loja virtual também requer planejamento e análise de custos. Você precisará colocar na ponta do lápis o investimento com a mercadoria, o desenvolvimento do seu site ou plataforma de compra, a entrega do produto ao cliente, a contratação de possíveis funcionários e a divulgação da sua loja virtual nas redes sociais.

Outro gasto que precisa ser observado é em relação à burocracia de se tornar um empreendedor, ou seja, a tributação que existe sobre a comercialização de produtos pela internet. Além disso, é preciso escolher a melhor opção de tributação, e entre elas estão: MEI (Microempresa Individual) e Simples Nacional. 

Registre o seu domínio

O domínio do site é o endereço virtual dele. É por meio dele que as pessoas vão encontrar a sua loja, por isso é preciso pensar em um domínio que não seja difícil de ser escrito e que não tenha letras muito parecidas juntas ou nomes estrangeiros, para evitar a confusão de leitura. Além disso, escolha os domínios terminados em ".com.br", pois eles facilitam a busca e colocam seu site em evidência.

Crie um site 

Abrir uma loja virtual exige que o proprietário invista em um site de qualidade para os seus clientes poderem navegar e se sentirem confortáveis. Quantas vezes entramos em sites e não sentimos vontade de continuar nele, porque as cores escolhidas não nos atraem, porque são muitas informações e não conseguimos captar todas elas, ou até mesmo porque ele não é intuitivo? Tudo isso precisa ser levado em consideração no momento de planejar o layout do seu site. 

Além disso, esse ambiente virtual precisa ser seguro para que os clientes não tenham problemas ao colocarem os seus dados de cartão e informações pessoais. Por isso, é preciso investir em segurança de dados.

As formas de pagamento

Dar ao cliente diferentes formas de pagamento é uma maneira de cativá-lo e deixá-lo mais à vontade com a sua loja virtual. As formas mais comuns de pagamento são cartão de débito ou crédito e boleto bancário, porém esteja aberto a aceitar outras maneiras mais alternativas e que vêm crescendo com o tempo, como carteira virtual, milhas e moedas virtuais, por exemplo.

Pense na logística da sua loja virtual

Ter um bom fornecedor garante que você terá bons produtos para vender em sua loja virtual, então busque o contato e estabeleça uma relação de confiança com eles.

Pense também no cuidado com que a mercadoria será embalada para ser entregue ao consumidor. Tenha embalagens e sacolas de qualidade, com o logotipo da sua loja e o contato. Não se esqueça de seguir as recomendações de higiene e de segurança da vigilância sanitária, especialmente se você vender alimentos.

O planejamento do estoque é fundamental para não ser pego de surpresa com a venda de um produto que não está mais disponível. Saiba a frequência em que é preciso repor o seu estoque e alinhe isso com o tempo que os fornecedores demoram para entregar as suas encomendas, assim você evita ficar sem algum produto.

Divulgação da sua loja

No processo de divulgar a marca, é fundamental que haja qualidade nas fotos tiradas, informações úteis e periodicidade nas publicações.

As fotografias dos seus produtos precisam ser de boa qualidade, e, se for o caso, tiradas de ângulos diferentes, para o cliente ter a noção exata de como é o produto. Não queira tirar fotos com câmeras de baixa qualidade apenas para economizar dinheiro, pois esse é um investimento necessário, uma vez que os consumidores não podem manusear a mercadoria e precisam confiar na foto. Não se esqueça de colocar as informações úteis de cada um dos produtos, como tamanho, ano de fabricação, data de validade, restrição etária, entre outras.

As redes sociais são maneiras de a marca ser divulgada e, para ter efeito, as postagens devem ser frequentes e úteis. Crie um planejamento de publicação, pense no tipo de conteúdo que será colocado, se condiz com a marca etc. Essa periodicidade precisa gerar engajamento nas pessoas, ou seja, fazer com que elas comentem sobre a sua marca, e, assim, divulguem ainda mais a sua loja.

Contato com os clientes

Por fim, tenha, tanto em seu site quanto nas redes sociais, espaços para que os consumidores possam interagir, fazer perguntas, passar feedbacks sobre a sua loja e produtos e registrar problemas que possam ter ocorrido. Não se esqueça de responder às mensagens, mesmo que sejam críticas, pois isso demonstra que a sua marca se preocupa com a satisfação do cliente e busca ajudá-lo quando necessário.

Como vimos, montar uma loja virtual requer muito trabalho e planejamento, porém se torna cada vez mais essencial no cotidiano das pessoas ter opções de compras on-line, especialmente quando não podem se deslocar até as lojas físicas para fazer suas compras.

Confira em nosso blog outros materiais sobre empreendedorismo e gestão empresarial.

Como adaptar o seu negócio para oferecer delivery

Como organizar as finanças quando há grandes mudanças econômicas

Grupo MoveEdu

Com mais de 30 anos de experiência no mercado de educação, o Grupo MoveEdu é detentor das redes Prepara Cursos, Microlins, People, SOS, Ensina Mais Turma da Mônica, Pingu’s English, English Talk e ITB. Já recebeu diversos selos de qualidade da Associação Brasileira de Franchising e prêmios de melhores franquias do Brasil. Conta com diversos programas de inserção no mercado de trabalho para jovens e de bolsas de estudo. Se interessou? Então comece agora mesmo! Conheça mais sobre o grupo MoveEdu e prepare-se para entrar de cabeça em um dos mercados que mais crescem no Brasil!

Comments