Pandemia e desemprego movimentam mercado de ensino profissionalizante

17/03/2021

Pandemia e desemprego movimentam mercado de ensino profissionalizante

De acordo com o jornal Estadão, a pandemia e o desemprego trazido por ela têm movimentado o ensino profissionalizante e o mercado do ensino técnico, no Brasil.

Com o Brasil atingindo 14 milhões de desempregados, o número de matrículas, nos cursos “livres”, deu formidável salto, diante da necessidade urgente de o brasileiro ingressar, no mercado de trabalho, ou de se reciclar. Com isso, a procura de cursos técnicos ou livres tem aumentando. 

Oportunidade de Negócios

A vantagem dos cursos livres é que são cursos rápidos, práticos, com baixo  investimento e que oferecem o ambicionado diploma, para começar vida nova, seja para mudar de rumo, complementar a renda, em momentos em que empregos estão escassos.

O crescimento desse seguimento é uma tendência enorme, sendo certo que o maior grupo de franquias de educação é a Move Edu. Com mais de 30 anos de experiência no mercado de educação, o Grupo MoveEdu é detentor das redes Prepara Cursos, Microlins, People, SOS, Ensina Mais Turma da Mônica, Pingu’s English, English Talk e ITB. Já recebeu diversos selos de qualidade da Associação Brasileira de Franchising e prêmios de melhores franquias do Brasil. Conta com diversos programas de inserção no mercado de trabalho para jovens e de bolsas de estudo.

A pandemia de Covid-19 afetou, negativamente, quase todos os setores da economia, especialmente o setor educacional – escolas, faculdades, centros técnicos de educação, todos fechados, procurando se adaptar ao ensino à distância (EAD), de uma hora para outra, desorganizando currículos, forçando aparecimento de nova realidade, eliminando tudo o que não agrega à formação profissional do aluno.

Isso fez com que os profissionais procurassem ainda mais os cursos livres. Os empreendedores têm visto o mercado de educação como uma opção para seus investimentos, já que a modalidade online torna rentável mesmo em tempos de crise. 

Comments