Quais são os principais estilos de liderança?

25/09/2019

Quais são os principais estilos de liderança?

Dentro de uma empresa ou em um negócio, toda equipe é liderada por pessoas que incentivam os outros membros a buscar os resultados desejados. Os líderes dessas equipes precisam saber como será liderar tal equipe e de que forma isso será feito. É importante ter conhecimento da relação do líder com os liderados e analisar como ele pode orientar conforme o seu estilo de liderança, sempre em busca de melhores resultados para a equipe e para a empresa. Por isso, o desafio é saber quando, com quem e em quais circunstâncias usar cada estilo de liderança. Para você ter conhecimento, listamos os tipos de líderes mais comuns nas empresas. Confira o post!

Autocrática

Essa liderança tem foco no próprio líder, que centraliza a autoridade e as decisões, e não dá liberdade de escolha aos funcionários liderados. As pessoas recebem mais ordens e não possuem espaço para sugestões ou questões, ou seja, esse líder possui uma figura típica de “chefe”. Normalmente, é uma pessoa com um perfil dominador e espera ser obedecido sem ser questionado. As equipes que possuem esse estilo de liderança, apresentam um grande volume de trabalho, e os sinais de tensão, frustração e agressividade são nítidos. Por isso, algumas características, como insatisfação, falta de motivação e conflitos, são presentes entre os membros da equipe. 

Centralizadora

O líder centralizador é aquele que toma as decisões, e é um estilo usado em momentos de urgência, quando os profissionais do projeto estão em processo de capacitação. Porém, por não ter o hábito de passar tarefas, os colaboradores da empresa podem ter queda na produtividade e nos resultados finais, por falta de estímulo do líder. 

Coaching

A performance dos liderados é o foco do trabalho dos coaches. Esse estilo de liderança tem interesse na melhoria da performance, e não só em conquistar resultados de sucesso para a empresa. Ele acompanha a evolução de cada profissional, dando feedbacks e incentivos para manter a motivação e as tarefas alinhadas, e direcionando os potenciais da equipe para o rumo certo. Isso é feito de acordo com as competências de cada um, além das descobertas e melhorias de habilidades e conhecendo o propósito profissional. Além disso, esse líder trabalha com o intuito de manter o ambiente de trabalho em clima de cooperação, que seja confiável e agradável. Por conta do trabalho dos coaches, os colaboradores sentem-se mais produtivos e positivos em relação ao reconhecimento da sua capacidade para participar dos projetos da empresa. 

Coercitiva

Talvez esse seja o tipo de líder mais comum nas empresas, que comanda de forma que provoca medo nos funcionários. De estilo “mandão”, os resultados movem essa pessoa, que possui habilidades para lidar e trabalhar com membros da equipe que são problemáticos. Além disso, eles têm o hábito de dar feedbacks apenas negativos.

Democrática

O líder democrático interage com os profissionais e ajuda a executar as tarefas de forma positiva, colaborando com o andamento dos processos, e prioriza um clima positivo no trabalho. Outra prioridade é a satisfação e a qualidade de vida dos membros da sua equipe de trabalho, já que fatores externos à empresa interferem na produtividade e nos resultados dos projetos. É um líder participativo e que quer que todos participem. Orienta e ouve o que o grupo tem a falar de maneira confortável, como troca de ideias, feedbacks e opiniões, além de ajudar nas soluções de problemas. 

Os grupos com líderes democráticos apresentam um trabalho de melhor qualidade e em boa quantidade, além de os resultados do mesmo serem acompanhados de satisfação profissional e integração da equipe. Além disso, são pontos positivos para a empresa como um todo por diminuir a rotatividade de funcionários e melhorar o desempenho no trabalho. 

Inspiradora

O estilo inspirador de liderança serve de exemplo para os profissionais, e dar ordens é algo raro, já que cada um sabe o que fazer. Esses líderes podem ter alguns problemas com as pessoas mais experientes ou de personalidade forte, pois têm o costume de achar que seus palpites e sugestões sempre são os melhores, assim acabam tirando o espaço de fala da sua equipe. 

Liberal

O líder liberal foca no liderado. Ao contrário do estilo autocrático, não observamos tanta firmeza. Nesse estilo, há liberdade para as decisões individuais ou em grupo serem tomadas, com a participação do líder só quando solicitado, por confiar no trabalho dos colaboradores. Mas, para isso, a equipe precisa ter maturidade e conhecimento das atividades propostas que serão desenvolvidas. Com o passar do tempo, é comum que a equipe apresente baixa produtividade e um desempenho individualista por não ter muitas cobranças e aquela necessidade de apresentar resultados a alguém. Além disso, a equipe fica desmotivada devido à falta de feedbacks sobre o trabalho desenvolvido.

Situacional 

A liderança situacional aparece em diferentes momentos do cotidiano da corporação, o que exige estratégias ágeis dos líderes desse estilo. O perfil dessas pessoas é ser adaptável aos acontecimentos que as rodeiam, de maneira rápida e assertiva de acordo com as demandas exigidas, além de ter que desenvolver outras formas de liderança para assumir papéis que se encaixam em diferentes momentos. Assim, mesmo com as variações das características dos membros da sua equipe, o líder consegue dar andamento ao trabalho e alcançar resultados positivos. O líder situacional deve ter uma visão ampla sobre os cenários e os contextos das situações que deve enfrentar, e também ser capaz de avaliar o nível das capacidades técnicas, emocionais e comportamentais dos colaboradores. Dessa forma, com as informações e análises necessárias, é possível direcionar corretamente as tarefas e obter os resultados esperados. 

Paternal

Esse estilo de liderança é voltado aos relacionamentos nas equipes, sempre colocando as necessidades dos outros na frente. Uma qualidade positiva do líder paternal é resolver conflitos internos, mas sua dificuldade é dar feedbacks negativos, além de criar pessoas dependentes emocionalmente. 

Treinador

O líder treinador é muito ativo e tem uma forma de desenvolver as pessoas através da rápida identificação dos pontos fortes e fracos delas. Porém, esse estilo pode alegar falta de tempo constantemente e confia na resolução de problemas em uma sala de treinamento. 

Visionário

Os líderes visionários conseguem reconhecer talentos facilmente, criam projetos a longo prazo e são movidos pelo futuro - é o que dá sentido a trabalhar no presente. Às vezes, esse profissional não consegue manter a motivação da equipe por muito tempo e, assim, pode ter problemas para realizar tarefas de curto prazo. 

Os variados estilos de liderança possuem pontos positivos e negativos. A questão fundamental é saber como aplicá-los, o que pode ser um desafio na vida do profissional. Assumir a postura correta diante da equipe, além de alcançar os resultados desejados, é sempre o objetivo, não é mesmo? Então, se você é o líder de uma equipe, entenda cada estilo e quais são os momentos adequados para agir de que forma, buscando motivar e incentivar o trabalho da equipe!

Acompanhe o nosso blog e leia outros posts sobre gestão empresarial:

5 ferramentas para gerenciar melhor o seu negócio

Diferenças entre chefe e líder

Grupo MoveEdu

Com mais de 30 anos de experiência no mercado de educação, o Grupo MoveEdu é detentor das redes Prepara Cursos, Microlins, People, SOS, Ensina Mais Turma da Mônica, Pingu’s English, English Talk e ITB. Já recebeu diversos selos de qualidade da Associação Brasileira de Franchising e prêmios de melhores franquias do Brasil. Conta com diversos programas de inserção no mercado de trabalho para jovens e de bolsas de estudo. Se interessou? Então comece agora mesmo! Conheça mais sobre o grupo MoveEdu e prepare-se para entrar de cabeça em um dos mercados que mais crescem no Brasil!

Comments